Vivendi reforça o caixa da GVT para acelerar expansão no Nordeste

05 fevereiro 2010

Região é tratada como um Eldorado no mapa da telefonia brasileira






A Vivendi vai abrir o cofre na GVT. O plano de investimentos de R$ 850 milhões anunciado na primeira semana do ano – uma herança dos antigos controladores – já é notícia velha. O presidente da operadora, Amos Genish, trabalha com uma cifra de, no mínimo, R$ 1 bilhão para 2010.

Os próprios franceses – a começar por Jean Bernard Lévy, CEO mundial do grupo – já sinalizaram que este valor poderá subir ainda mais a partir de junho caso a empresa alcance as metas comerciais previstas para o primeiro semestre.

A principal delas é o aumento do número de assinantes em 10%, tarefa perfeitamente exequível a julgar pelo recente desempenho da GVT. Desde 2006, a base de clientes da companhia tem crescido a uma média de quase 30% ao ano. Uma de suas maiores apostas é o serviço de banda larga. Em 2009, o número de assinantes da companhia no segmento cresceu quase 60%.

A GVT vai usar boa parte dos investimentos, algo em torno de R$ 300 milhões, para acelerar sua expansão no Nordeste. Em outubro do ano passado, a operadora entrou em Pernambuco. Até junho, a operadora chegará ao Ceará. As próximas paradas serão Paraíba e Rio Grande do Norte.

A região é tratada pela empresa como um pequeno Eldorado no mapa da telefonia nacional. Os índices de demanda reprimida são bem superiores aos dos estados em que a companhia atua, no Sul e no Centro-Oeste. Dados recentes mostram que mais de 60% da população nordestina jamais acessaram a internet. Apenas 10% dos domicílios têm acesso à rede mundial de computadores – no Sul do país, este índice é de quase 30%.

O segmento de banda larga é uma das grandes apostas da GVT. No Nordeste, apenas metade dos usuários de internet utiliza conexão de alta velocidade. A empresa pretende lançar pacotes de dados a preços populares. A concorrência vai ser boa. Outras empresas de telecomunicações, como Net e Nextel, já anunciaram estratégias específicas voltadas para a região.

FONTE Advillage


Comentários:

Postar um comentário

 
Engenharia Elétrica - Paraíba © Copyright | Template By Mundo Blogger |