Bateria à base de metanol é lançada

29 outubro 2009


A fabricante de artigos eletrônicos Toshiba marcou para a quinta-feira, 29/10, o lançamento de uma bateria portátil movida a base de metanol. O equipamento carrega até dois aparelhos ao mesmo tempo.

O produto recebe o nome de Dynario e pode ser usado para carregar desde aparelhos celulares até iPods e videogame portáteis. A energia é fornecida a partir da transformação do metanol em eletricidade.

O combustível utilizado pela célula é vendido separadamente em cartuchos de 50ml. Um pacote com cinco unidades é vendido por aproximadamente US$34.

A Toshiba iniciará as vendas do Dynario nainternet. O produto tem preço sugerido de US$328.


Olhar Digital


Implante de chip para visão

Chips que prometem devolver a visão a quem não enxerga não são bem uma novidade. Em 2002, duas pesquisas, uma sobre implante de chip na retina e outra de implante de chip no cérebro, já mostravam resultados promissores na restauração da visão. Mas agora o Laboratório de Pesquisas de Eletrônicos (RLE) do MIT (Instituto de Tecnologia de Massachusetts) está desenvolvendo um chip que, implantado no globo ocular, leva, sem o uso de fios, a informação visual diretamente para o cérebro. A pesquisa está tão avançada que os testes clínicos começam em três anos. O que tem o chip do MIT de tão diferente dos já desenvolvidos para estar tão próximo de virar realidade? Enquanto os outros dois projetos ainda estão tentando fazer com que os implantes deem ao paciente a capacidade de reconhecer rostos e ler letras grandes, o do MIT já faz isso.

Implante de chip de visão que envia a informação visual diretamente para o cérebro

Eis aqui como funciona: o paciente que tem o chip implantado no globo ocular usa um óculos contendo uma minúscula câmera de conexão sem fio. As imagens captadas pela câmera são enviadas para o microchip, que as transmite ao cérebro. Os óculos também contêm uma bobina que transmite energia para as bobinas receptoras colocadas em torno do globo ocular. Quando o microchip recebe a informação visual, ele ativa os eletrodos que simulam as células nervosas nas áreas da retina correspondentes às características da cena visual. Os eletrodos ativam diretamente os nervos ópticos que carregam os sinais para o cérebro, contornando as camadas danificadas da retina. Para evitar danos provocados pela infiltração de água e prolongar a duração do implante, o microchip foi encapsulado em um estojo de titânio - material que também é de difícil rejeição pelo corpo humano.

Os pesquisadores dizem que esse sistema não vai restabelecer 100% da visão, mas dará ao paciente a capacidade de navegar por uma sala e reconhecer rostos. “Se eles puderem reconhecer os rostos das pessoas em um sala, poderão se integrar socialmente ao ambiente, em vez de ficarem apenas sentados esperando que alguém fale com eles”, diz Shawn Kelly, pesquisador do Laboratório de Pesquisa de Eletrônicos, do MIT.

O implante é destinado a pessoas que perderam a visão em função da retinite pigmentosa ou degeneração macular causada pelo envelhecimento. Os pesquisadores esperam obter com os testes clínicos informações que permitam refinar o algoritmo implementado no chip para produzir visão útil. O objetivo é criar um chip que possa ficar implantado por 10 anos e que não ofereça risco de danificar o olho.

Abertas as inscrições para a Campus Party 2010

26 outubro 2009

A terceira edição da Campus Party Brasil, maior evento de tecnologia do país, já está com suas inscrições abertas. A partir dessa segunda-feira, 26/10, os interessados em participar podem se inscrever no site www.campus-party.com.br.

Até o dia 22 de novembro os ingressos têm preço promocional de R$120. Após a data, o valor passa para R$140. O preço dos ingressos não inclui acampamento e alimentação. Os “campuseiros” de outros Estados ganham desconto de 50% no valor da inscrição.

Em 2010, o evento já tem definidas quatro áreas temáticas: Ciência (modding e robótica), Criatividade (blog, fotografia, design, vídeo e música), Entretenimento (game e simulação)Digital e Inovação(desenvolvimento, segurança em rede e software livre). A organização do evento também informa que haverá um espaço destinado para a realidade aumentada e para integração de redes sociais.

A Campus Party acontece novamente na cidade de São Paulo, no Centro de Exposição Imigrantes, entre os dias 25 e 31 de janeiro.


DownloaD (pdf) - Livros e Apostilas gratuitos

Clique nas Imagens e faça o Download dos livros.



O Olhar Feminino na Construção de um Mundo Sustentável

Esse é o tema do Fórum da Mulher, que abordará a ótica do gênero feminino sobre o conceito de sustentabilidade. Diante do que vem sendo debatido por vários segmentos da sociedade, o sistema Confea/Crea e Mútua abre espaço para as mulheres profissionais da área tecnológica, com o intuito de refletir sobre o que é desenvolvimento sustentável, ambiente, proteção, conservação e qualidade de vida. O Fórum acontecerá nos dias 4 e 5 de dezembro de 2009, na 66ª Semana Oficial da Engenharia, Arquitetura e Agronomia (SOEAA).

Segundo a coordenadora do GT-Mulher, a conselheira federal Iracy Silvano, a mulher profissional do Sistema Confea/Crea e Mútua surge como um agente importante na mobilização junto à sociedade para buscar modificar os conceitos da prática, proteção e conservação do meio ambiente.

Silvano fez um convite aos profissionais, "O GT Mulher do Confea convoca as profissionais a participar deste evento que se realizará na cidade de Manaus-AM, pois estamos certos do sucesso com a presença de todos" finalizou a coordenadora.

Olívia de Almeida - 23/10/09
Núcleo Operacional SOEAA/Expo

A 66ª SOEAA acontecerá entre os dias 2 e 6 de Dezembro de 2009, e será promovida pelo CREA-AM, para mais informações clique aqui!


Fotos do IEEEXtreme

25 outubro 2009


Melhor Resultado no IFPB: Equipe Pensando!
Fotos da competição:

http://www.flickr.com/groups/ieeextreme/pool

Atividades Recentes...

23 outubro 2009

... nem tão recentes assim!

Aniversário de Jayne ( setembro):


Aula de química:
- Dessa vez ninguém dormiu:
- Mas depois não teve jeito:

Atividade no Ramo Estudantil
- Chegada da TV:
- ...e depois do almoço no refeitório:

Minicurso de Porta Paralela (Trabalho nos sábados):
Ufa... deu fome, né Mara:




Conheça todos os prêmios oferecidos pelo IEEE

19 outubro 2009


Quinta feira - 22 de outubro
Às 19h
Auditório José Marques (I) - IFPB


Conheça algumas das vantagens de ser um membro IEEE. Os prêmios, concursos e incentivos que o Instituto proporciona todos os anos.



Encontro de Automação do Sertão Paraibano

17 outubro 2009



O encontro de automação industrial tem como objetivo promover a aproximação entre estudantes, comunidade acadêmica, profissionais e empresas, apresentando e discutindo temas ligados ao desenvolvimento tecnológico nas áreas de automação industrial.

O Encontro será formado por Mini-cursos, atividades socioculturais e Exposição Tecnológica. Deverá contar com palestras e trabalhos de Iniciação Científica e com expositores, além das atividades Culturais, conforme programação a ser divulgada oportunamente.



Inova Senai Paraíba

Conheça projetos inovadores de alunos e docentes do Senai.
Visite a 1º Mostra de Projetos
De 20 a 23 de outubro de 2009
Local: Federação das Industrias do Estado da Paraíba - FIEP

Informações : (83) 2101-5424 ou 2101-5456




Introdução à Propriedade Intelectual

14 outubro 2009


Dia 22 de outubro (quinta-feira)
Às 10 horas da manhã
Auditorio José Marques (I) -IFPB
Palestrante: Prof. João Ademar de Andrade Lima ‐ CESED/FACISA

Palestra Desenvolvimento Mobile & Embedded com Arduino, Python, ARM e Linux

A aula inaugural da pós-graduação em Mobilidade e Sistemas Embarcados da Faculdade iDEZ, que será realizada nesta quinta-feira, às 19:00, na Faculdade iDEZ (Mag Shopping 3º. piso), terá mais uma palestra. Além da apresentação sobre “Educação, Empreendedorismo e Mobilidade” do Sandro Alves (INdT), também será realizada a palestra “Desenvolvimento Mobile & Embedded com Arduino, Python, ARM e Linux”, do Flávio Ribeiro (Avaty!).



Flávio Ribeiro é graduando em Engenharia Elétrica no IFPB (antigo CEFET-PB) e Engenheiro de Software da Avaty! Tecnologia & Inovação. Trabalha principalmente com desenvolvimento Python e C para sistemas embarcados e dispositivos móveis. É entusiasta de assuntos relacionados à robótica e automação.



A apresentação irá abordar de forma prática o desenvolvimento de projetos relacionados à computação embarcada e para dispositivos móveis. Será apresentado um dos projetos desenvolvidos dentro da comunidade de software e hardware livre Marmota, suas perspectivas e o futuro, além da concepção e desenvolvimento de um produto com Linux Embarcado na Avaty! Tecnologia.



Lembrando que o evento é aberto à todos os interessados em Mobilidade e Sistemas Embarcados e as inscrições devem ser feitas antecipadamente pelo sitehttp://www.faculdadeidez.com.br/palestras/

Este evento marca o inicio das atividades da Pós-Graduação em Mobilidade e Sistemas Embarcados. As inscrições ainda estão abertas e os interessados devem procurar a Faculdade para realizar a sua matrícula o mais breve possível.




--
Andre Assad
Diretor de TI - Avaty! Tecnologia
Tel.: +55 83 3045 7300
http://twitter.com/avaty


Microsoft desenvolve mouses com multitoque

13 outubro 2009

A Microsoft acaba de criar novos modelos de mouses.

A empresa anunciou o desenvolvimento de protótipos de aparelhos que, além de possuírem design inusitado, também fazem uso de diferentes tecnologias de multitoque.

No total, são cinco gadgets em fase de experimentação. Entre eles, existe o Cap Mouse, que define a posição dos dedos com eletrodos sensíveis ao toque, o Orb Mouse que faz uso de uma câmera com sensores infravermelhos, e o FTIR Mouse que baseia sua tecnologia no princípio de óptica da Reflexão Interna Frustrada, além de usar câmera para reconhecer os movimentos.

A Microsoft ainda tem mais dois protótipos anunciados, o Side Mouse e o Arty Mouse. O funcionamento de ambos é mostrado no vídeo abaixo.

A Microsoft ainda não prevê data de comercialização dos produtos.


capmouse

Cap Mouse


orbmouse

Orb Mouse e FTIR Mouse


side mouse

Side Mouse e Arty Mouse


Google cria software medidor de energia


O Google fechou parceria com a companhia Energy Inc para disponibilizar um software de gestão da energia utilizada em domicílios dos Estados Unidos, segundo publicou a Reuters. No acordo, o medidor de energia da Energy Inc custa US$ 200 e é integrado ao PowerMeter, um software gestor de eletricidade desenvolvido pelo Google e que está em fase de testes nos lares americanos desde fevereiro deste ano. O gigante das buscas ainda pretende fechar parcerias com outras empresas, como a alemã Yello Strom e a San Diego Gas & Electric, da Sempra.



Fórum vai mostrar aplicações interativas para TV digital

03 outubro 2009

A tecnologia pode mudar o Natal de alguns brasileiros. É que até dezembro deve estar disponível no mercado um conversor para TV digital que já vem com o software Ginga. É ele que permite a interatividade. Na prática, além da imagem, som, áudio e sinal com mais qualidade o consumidor também vai poder acessar (com o controle remoto) conteúdo opcional ou complementar, enquanto acompanha o programa preferido.

Esse avanço tecnológico será apresentado aos participantes do “I Fórum Paraibano de TVs Públicas na era Digital” que vai ser realizado nos dias 13 e 14 deste mês, no auditório da Reitoria da UFPB, campus I, em João Pessoa. Durante a oficina “Aplicações interativas para a TV digital”, que vai ser ministrada pelo pesquisador Raoni Kulesza, dia 14, às 14h, o público do evento vai conhecer mais sobre essa tecnologia e também interagir com as aplicações desenvolvidas pela equipe do Lavid/UFPB.

Antes de definir o seu padrão de TV Digital, o Brasil percorreu um longo caminho. Segundo Raoni, que integra a equipe do Lavid/UFPB, o assunto é estudado há mais de 20 anos, e a discussão para implantação do sistema no país começou em 2003.

Durante oito meses o governo federal fez uma consulta pública para a escolha do padrão de TV digital que melhor se adequava aos interesses nacionais. Foram analisados os modelos europeu (DVB), americano (ATSC) e japonês (ISDB). O Brasil optou pelo último, que foi adaptado e recebeu muitas inovações, dentre elas a principal, que é o middleware Ginga.

Ginga é a camada de software intermediário, ou middleware, que permite o desenvolvimento de aplicações interativas para a TV digital de forma independente da plataforma de hardware dos fabricantes de terminais de acesso, as chamadas caixas conversoras de sinal (set-top boxes).

O Ginga é o resultado de anos de pesquisas lideradas pela Puc-Rio em parceria com o Lavid/UFPB, e reúne um conjunto de tecnologias e inovações brasileiras que o tornam a especificação de middleware mais avançada e, ao mesmo tempo, mais adequada à realidade do país. Site: www.ginga.org.br

Interatividade

A TV Digital foi implantada no Brasil no dia 2 de dezembro de 2007. A primeira cidade a ter o serviço foi São Paulo. Hoje ele existe em quase todas as Capitais brasileiras. As pesquisas para criar o Ginga foram coordenadas pelo Lavid/UFPB e pela Puc/RJ. Mesmo com o software desenvolvido, ele não chegou ao mercado na época por causa dos royalties. Houve uma nova negociação entre empresas, governo e os pesquisadores e desde julho ele foi liberado.

Para chegar ao nível de interatividade criada pelos pesquisadores é preciso investimento. O telespectador só vai acessar conteúdos complementares, interagindo mais com a programação, se as emissoras estiverem interessadas no serviço. Além de ter a tecnologia digital, a empresa precisa dispor de um software, que custa pelo menos R$ 50 mil, para executar o serviço. Ainda é necessário desenvolver as aplicações desejadas, e isso requer mais investimentos. No país existem pelo menos 10 empresas que fazem esse serviço. Quatro delas estão na Paraíba.


Agência de Noticias da UFPB



Aprendendo a Programar - Programando na Linguagem C


Link do Livro

 
Engenharia Elétrica - Paraíba © Copyright | Template By Mundo Blogger |