SEMANA DE CIÊNCIA E TECNOLOGIA PRORROGA INSCRIÇÃO DE TRABALHOS

29 setembro 2009



A V Semana de Ciência e Tecnologia do IFPB prorrogou as inscrições para apresentações de trabalho até o dia 5 de outubro. O evento acadêmico de atualização científica e produção tecnológica destina-se a todos os que fazem a comunidade do Instituto: servidores e discentes. Esse ano, o evento pretende envolver ainda mais a comunidade devido às movimentações em torno do centenário da instituição. A Semana de C&T será realizada no período de 19 a 23 de outubro.


O evento divide-se em quatro atividades: Fórum de Produção Acadêmica e de Extensão; Mostra de Iniciação Científica; Semana do Livro e da Biblioteca e Workshop sobre Inovação Tecnológica. A Mostra é voltada para os alunos das diversas modalidades da instituição. Já o Fórum é direcionado a professores e técnico-administrativos.


Os orientadores e bolsistas do IFPB têm o compromisso de apresentarem suas pesquisas. Espera-se que esse ano a participação na Semana seja ainda maior devido ao grande número de servidores que estão cursando pós-graduação e ao interesse que os alunos dos diversos campi já demonstram em realizar trabalhos inovadores.


Para garantir a participação no Fórum ou na Mostra, é preciso enviar o resumo dos trabalhos à Pró-reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação (PRPG), até o dia 02 de outubro, juntamente com uma Ficha de Inscrição. É possível enviar por e-mail para prppg@ifpb.edu.br, os dois arquivos, um com o resumo e outro com a Ficha de Inscrição do trabalho. Quem preferir pode enviar pelo Protocolo, na forma impressa (papel A4) e em disquete ou CD (arquivo compatível com o Word 97), juntamente com a Ficha de Inscrição. Os modelos dos arquivos estão disponíveis no link da PRPG:http://www.ifpb.edu.br/conteudo/eventos_gppi.php.


Para Alexsandro Guedes, da PRPG, o evento é uma grande oportunidade da comunidade interna se informar sobre as pesquisas que se desenvolvem no âmbito da instituição e trocar idéias que podem resultar na formação de novos grupos de pesquisadores. Alexsandro destaca que os resumos expandidos serão publicados em CD-Rom, com ISBN.


Eventuais dúvidas ou esclarecimentos, os interessados podem procurar a PRPPG, telefonando 3208-3032 ou enviando e-mail para prppg@ifpb.edu.br.


O Workshop de Inovação Tecnológica é organizado pelas professoras Iana Daya e Rafaelle Feliciano. Elas devem fazer apresentações sobre o Núcleo de Inovação Tecnológica (NIT) que está sendo montado na instituição. Um dos temas a serem discutidos será a Propriedade Intelectual.


A Semana do Livro e da Biblioteca terá diversas atrações, como a exposição de publicações editadas pela então Escola Técnica Federal da Paraíba e pelo antigo Cefet-PB. Uma palestra com a bibliotecária de Cajazeiras, Ângela Cardoso, vai trazer um pouco da história das bibliotecas e o uso das novas tecnologias. A coordenadora da Biblioteca Nilo Peçanha, Ivanise Andrade, destaca que a Arte Surda terá destaque, com apresentações teatrais, bem como o lançamento de livros, como o do servidor Alfredo Feliciano Junior (poesia popular). Um curso de Folksonomia (classificação baseada no conceito de web 2.0) também será realizado, ministrado por Airtiane Rufino.


Ana Carolina Abiahy – jornalista do IFPB



Monociclo U3-X Honda: A Geek-Friendly



A Honda tem uma nova resposta para aqueles de nós muito cansados para tirar
nosso traseiro da cadeira.

Conheça o U3-X "dispositivo de mobilidade pessoal"!!

A Honda diz que seu U3-X permite a "livre circulação" em qualquer direção, seja para a frente e para trás, lado-a-lado, ou em uma diagonal. E quanto mais você se inclina, mais rápido você pode ir.

O U3 Honda-X pesa aproximadamente 22 quilos e funciona por uma hora em cada carga.

Será lançado oficialmente no 41 º Tokyo Motor Show, em outubro.





Fonte: PcWorld

Projeto Alagoa Grande Sustentável

Encare este desafio!



Reunião com os interessados Segunda-feira (05-10) às 9h30min no Laboratório de Instalações Hidráulicas ( próximo ao bloco de Design).



O Objetivo principal do projeto é transformar a cidade de Alagoa Grande numa cidade sustentável.
Segunda-feira, deverão ser apresentados as ideias de projetos.




Professora responsável:
Claudiana Leal
claudiana.leal@gmail.com


Atividades Recentes...

28 setembro 2009

Presidente da Engenharia Elétrica: Oberdan!
Aula de sistemas digitais:


Felicidade por queimar/quebrar uma lâmpada:
Galera do 4º periodo na montagem do Arduino:



25 setembro 2009

Pagamento até sexta-feira: 02/10


1. As camisas serão feitas na LUG

2. Pedidos:
Daiana (3º periodo)
Contato: 8861-4882

3. Valor: R$ 15,00

24 setembro 2009

Submarino-robô usa propulsão inspirada em peixe-elétrico

Redação do Site Inovação Tecnológica - 25/09/2009


Os engenheiros da Universidade de Bath, na Inglaterra, parecem decididos a construir um zoológico robótico.
Não satisfeitos com seus
robôs saltitantes inspirados em esquilos, gafanhotos e até pulgas, eles agora lançaram mais um robô inspirado em peixes, o Gymnobot.

Meio peixe, meio submarino

Existem várias abordagens para a criação de peixes robotizados, incluindo os robôs verdadeiramente biomiméticos, que se parecem e se movimentam como peixes, até os submarinos robotizados, que pedem emprestada alguma característica dos peixes para otimizar seu funcionamento.
A equipe do professor William Megill adotou esta última abordagem. Inspirando-se no peixe-elétrico da Amazônia, os pesquisadores construíram um submarino e substituíram sua hélice por uma barbatana inferior que se movimenta como a barbatana do peixe.
Um sistema de virabrequins, semelhantes ao de um motor de automóvel, faz com que a barbatana ondule de forma precisa, movendo o submarino. O conjunto de virabrequins é movimentado por um motor elétrico. O corpo do submarino é feito de uma estrutura rígida. Apenas a barbatana se movimenta.


Navegando em águas rasas

O objetivo da pesquisa é criar um robô que seja capaz de filmar e coletar dados da vida marinha nas proximidades da costa, onde a profundidade é muito pequena para os submersíveis tradicionais, movidos por hélices, e cheia de obstáculos, exigindo manobras precisas.
"O peixe-elétrico tem uma barbatana central que se movimenta ao longo do seu corpo e cria uma onda na água que permite que ele nade para frente ou para trás com facilidade," diz o Dr. Megill.
"O Gymnobot imita essa barbatana e cria uma onda na água que o movimenta. Esta forma de propulsão é potencialmente muito mais eficiente do que um propulsor convencional e é mais fácil de controlar em águas rasas próximas à costa," diz ele.


Oficialização do Ramo IEEE/IFPB concluida.

22 setembro 2009


Gente hoje saiu o documento de conclusão da oficialização do Ramo Estudantil do IEEE no IFPB.

Resumindo: Somos oficialmente para o Brasil e para o Mundo um Ramo EStudantil do IEEE.
...
Attached you will find the congratulatory letter regarding theapproval of the IEEE Instituto Federal de Educacao Ciencia eTecnologia da Paraiba Student Branch . You should receive the lettervia post within the next week.
The official formation date is 3 August 2009

Quebec - Terra de Oportunidades

- você é jovem e dinâmico?
- tem experiência profissional?
- Fala francês ou está disposto a aprendê-lo?


Inscreva- se na Palestra Imigração Quebec
http://www.immigration-quebec.gouv.qc.ca/pt/biq/sao-paulo/palestras/inscricao/index.php?ID_Seance=3395

Cidade : João Pessoa
Data : 23/09/2009
Hora : 18 h 45
Lugar : CEFET Paraíba - Av. 1˚ de maio, 720 - Jaguaribe

Inovação: Fazer diferente é fazer a diferença

Estão abertas as inscrições para a 4ª Oficina Gerencial, dentro do Projeto "Sábado Extra", cujo tema será "Inovação: Fazer diferente é
fazer a diferença".


PROPOSTA DA OFICINA: Orientar, informar e discutir sobre a importância da Inovação como ferramenta de sobrevivência aos desafios da competitividade.

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO:
O que é inovação?;
Inovação é profissão?;
Reinventar ou renovar a roda?;
A sobrevivência do mais bem adaptado;
“Ordem aos e Progresso”;
Seja original, erre!;
Compre uma casa e pague com um clip de papel...entre outros.

FACILITADOR: Marcos Costa e Silva
15 anos de experiência nacional e internacional em Gestão de Processos, Governança, Risco e Conformidade, Gestão de TI, CRM, Suporte, Segurança e Treinamento.


Sorteios:
1) um curso no SEBRAE
2) um voucher de 100% para prova de certificação oficial


Data de realização: 26 de setembro de 2009
Horário: 8:30h às 12:30h


INSCRIÇÕES:
Período: 21 a 25 de setembro de 2009 - das 8 às 12h
Local: Unidade Acadêmica de Gestão e Negócios (UAG)
3208-3073 (manhã), 3208-3014 (tarde) ou pelo celular 9971-8636
Por email: nadjapessoaa@yahoo.com.br

Galera do Primeiro Período

17 setembro 2009




Atividades recentes...

Aula de Sistemas digitais:
Atividades no Ramo estudantil IEEE/IFPB:


Desafio do PET

15 setembro 2009


Dado o interesse e entusiasmo dos alunos de Engenharia Elétrica do IFPB pelo curso, surge um novo desafio à aprendizagem e à integração dos estudantes do nosso curso.

A competição tem como objetivo motivar os estudantes do curso, permitir a integração de conteúdos interdisciplinares das disciplinas básicas a demonstrar as etapas fundamentais do projeto tais como seu funcionamento e processo de construção.

Será avaliada, criatividade na construção de um veículo, tal como material utilizado pela equipe, relatório de construção do mesmo além de é claro, o desempenho do veículo ao longo da competição.

Cada equipe deverá inscrever-se através do site www.ifpb.edu.br/petee de 07/09/2009 até o dia 06/11/2009 ou entregar à comissão organizadora o formulário de inscrição na competição que será previamente distribuído para interessados;

É de suma importância o envolvimento de todos, participem, divulguem, formem seus grupos e acima de tudo aprendam e interajam. Que possamos perceber a verdadeira finalidade do desafio, que a criação do veículo se torne aprendizagem, que a competição seja divertida e que os prêmios sejam meras conseqüências do esforço de cada um. Boa sorte a todos!


* É permitida a participação de equipes de qualquer curso do IFPB!


PET - Engenharia Elétrica IFPB

Software Freedom Day

14 setembro 2009


O "Dia da Liberdade de Software" é uma celebração anual da Liberdade de Software realizada simultaneamente em diversas localidades do mundo, 500 cidades neste ano. O G/LUG-PB e PSL-PB promoverão, no dia 19 de setembro, das 8h às 13h, com o apoio do NCD(Núcleo de Comunicação Digital)/Ramo Estudantil IEEE do IFPB, Sun Microsystems e KyaPanel , a celebração do dia L. Venha desfrutar conosco a liberdade, numa manhã vibrante de sábado com palestras, brindes e minicurso. Sempre respeitando seu direito de a liberdade.

Em um mundo cada vez mais digital, mais e mais pessoas dependem de softwares em suas experiências diárias. O software influencia como interagimos com os outros, desfrutando de meios distintos, elegemos, pagamos, e trilhamos nosso caminho. O software aponta nossa forma de vida, nossas liberdades básicas como liberdade de associação, liberdade de pensamento, liberdade de escolha e muito mais. Muitas pessoas não se dão conta da importância e da influência do software e outras tecnologias em suas vidas.

Para que não tenhamos macula em nossa liberdade humana básica que damos por garantias, tecnologia sustentável, que podemos ter confiança, é o ponto alvo desta celebração. Sistemas eleitorais não confiáveis podem levar a uma inquietude civil e a falta de confiança nos órgãos governamentais. Softwares-espiões que vigiam o que escutamos, nossos detalhes bancários e a quem enviamos emails, podem ser instalados em nossos computadores sem nosso consentimento. A codificação regional de filmes introduz uma barreira artificial para o conteúdo internacional; Onde está nossa escolha pessoal? Os formatos de dados proprietários podem representar um impedimento para acessarmos nossa própria informação! A Liberdade de Software pode ser mantida por sistemas transparentes (como Softwares Livres e Softwares de Código Aberto) que estão baseados em formatos abertos, seguros e sustentáveis, incluindo formatos de dados e protocolos de comunicação.
Local e Horário

Blog da Extensão do IFPB

11 setembro 2009

http://informextensao.blogspot.com/

OPÇÃO AI PRA QUEM QUISER SEGUIR E FICAR POR DENTRO DOS PROJETOS DE EXTENSÃO!!


ABRAÇOS GALERA

RFID: começará teste em larga escala de etiquetas inteligentes no Brasil

Redação do Site Inovação Tecnológica - 08/09/2009


RFID: começará teste em larga escala de etiquetas inteligentes no Brasil

As etiquetas inteligentes possuem um minúsculo chip que funciona com a energia captada por sua antena plana. [Imagem: 3M]

O Ministério da Ciência e Tecnologia (MCT), o Ministério da Fazenda e as Secretarias de Fazenda estaduais assinaram um acordo de cooperação para a criação do Sistema de Identificação, Rastreamento e Autenticação de Mercadorias, o Brasil-ID.

O sistema é baseado na tecnologia de identificação por radiofrequência (RFID), as chamadas etiquetas inteligentes, que podem ser utilizadas para identificar produtos por meio de tecnologias de transmissão de dados sem fios.

Brasil-ID

Além de estabelecer um padrão único para a implementação da identificação por radiofrequência, o chamado Brasil-ID, a ser utilizado em qualquer tipo de produto em circulação pelo país, o acordo prevê a estruturação de serviços de rastreamento e verificação de autenticidade de mercadorias em todo o território nacional.

À semelhança da Nota Fiscal Eletrônica, o sistema de identificação de produtos com etiquetas inteligentes tem por objetivo promover a segurança e a otimização do comércio e circulação de mercadorias no país através de uma tecnologia confiável e padronizada, que estará disponível ao contribuinte que livremente desejar adotá-la.

Além de uma fiscalização de trânsito de mercadorias muito mais ágil, o que diminuirá o custo Brasil, o contribuinte poderá utilizar a tecnologia para seu próprio benefício logístico, para a garantia da autenticidade de seus produtos e de proteção contra a circulação de bens roubados ou furtados.

Chip RFID brasileiro

Através do apoio do Ministério da Ciência e Tecnologia, o chip RFID que poderá ser incorporado de forma indelével nos materiais constituintes dos produtos manufaturados no Brasil, em cartões, em embalagens e em papel. O chip e vários dos subsistemas associados estão em testes no Centro de Pesquisas Avançadas Wernher von Braun.

O chip RFID brasileiro também poderá ser utilizado para a identificação, rastreamento e transporte de documentos fiscais. Um protocolo-padrão foi especialmente desenhado para esta aplicação e, por ser baseado em normas internacionais, possibilitará o uso universal da tecnologia - no Brasil e no mundo.

Vários subsistemas necessários à operacionalização do rastreamento por etiquetas RFID estão sendo desenvolvidos pelo Centro Von Braun, que coordenará, no âmbito deste projeto, a participação de universidades, centros de pesquisa e empresas brasileiras para a promoção do setor de tecnologia e inovação brasileiros.

Testes das etiquetas RFID

Não há projeto com magnitude semelhante hoje em todo o mundo, sendo o Brasil pioneiro no desenvolvimento e implementação deste tipo de tecnologia nessa escala.

A implementação do projeto inicia imediatamente através de uma fase piloto: em alguns Estados selecionados para esta fase inicial, as empresas estão se organizando com as Secretarias de Fazenda para experimentarem a tecnologia dentro de um exercício real que cobre toda a cadeia de manufatura, de distribuição e venda de produtos.

O Sistema prevê a instalação de uma infraestrutura de dados com gestão nacional de leitura e gravação RFID. Antenas instaladas nas principais vias e modais de circulação de mercadorias criarão dificuldades à fraude, roubo e furto de mercadorias de todos os tipos, além de fornecer importantes dados logísticos para a indústria e toda a cadeia de distribuição, até o consumidor final.

1º Reunião do grupo de afinidades WIE - Women IEEE Engineering

10 setembro 2009

Dia: 11 de setembro (sexta-feira)
Hora: 15h30min
Local: Sala do Ramo estudantil IEEE/IFPB

Pauta:
. Apresentação do WIE;
. Membresia;
. Documentação;
. Planejamento (palestra, pesquisas e responsabilidade social);
. Logomarca e blusa;
. Quadro de avisos;
. Caixa de sugestões;
. "Inauguração";

Participem!!!

Austrália constroi estádio de futebol sustentável

09 setembro 2009

As construções verdes começaram a ser incorporadas no mundo esportivo.

Com o teto em formato de bolha, o Estádio Retangular de Melbourne, na Austrália, é idealizado com uma pinta sustentável.


A estrutura do telhado utilizará 50% menos de aço, e sua combinação de vidro, metal e grelhas ajudará a diminuir o consumo de energia elétrica.




Além disso, o estádio utilizará ventilação natural e reaproveitará a água da chuva para abastecer as dependências internas.


A arena terá capacidade para acomodar aproximadamente 30 mil torcedores, e deverá ser concluída ao longo de 2010.








China vai construir base de energia solar de 500 MW

08 setembro 2009


A China vai construir até o fim de 2011 uma base de energia solar com capacidade de produção de 500 megawatts. Desenvolvida pela companhia Canadian Solar, a planta ficará localizada em Baotou, na Mongólia.
O acordo garante à empresa canadense carta branca para projetar, manter e operar a instalação. O projeto será desenvolvido em três fases.
A primeira parte começará em setembro e será composta pela construção de uma planta com capacidade para gerar 100 megawatts de energia fotovoltaica.
A segunda parte inclui a construção de outras duas bases que deverão produzir 200 megawatts cada uma.
A previsão para o término do projeto é para o fim de 2011.

Japão pretende lançar paineis solares no espaço

06 setembro 2009

Enquanto diversas instalações de captação de raios solares para produção de energia elétrica começam a se popularizar, os japoneses anunciaram um passo a frente.
A Mitsubishi Electric está desenvolvendo uma base solar no espaço que será capaz de gerar 1 GW de energia.
O projeto prevê que paineis solares de quatro quilômetros quadrados serão instalados a 36.000 km de distância da Terra.
O investimento será de aproximadamente US$ 21 bilhões e a potência das placas poderá abastecer cerca de 294 mil casas em Tóquio, capital japonesa.
Mas antes disso, em 2015, a Agência de Exploração Aeroespacial do Japão colocará no espaço um satélite de testes com placas solares capazes de gerar 10 MW.

Olhar Digital

Aniversário de Joyce e Kamylla

05 setembro 2009

Quase todas.
Aninha cumprindo o papel de mãe, e partindo o bolo. Detalhe pra Múcio roendo as unhas... :)
Kamylla: "O primeiro pedaço vai paraaa Joyce" :)


Aninha caprichou no quadro, pena que não deu pra ver o potenciômetro. Kkkkk



Dois em Um: Kamylla (06/09) e Joyce (05/09)

Parabéns meninas!

Engenharia Elétrica e o IFPB fazem a sua parte!

04 setembro 2009

Apesar de ser um curso com pouco mais de 2 anos e meio, o curso de Engenharia Elétrica do IFPB já vem mostrando que veio pra ficar e pra formar grandes alunos.

Muitas estão sendo as conquistas por parte de todos, o PET elétrica, O ramo estudantil do IFPB/IEEE, as Bolsas que tiveram muitos alunos de Elétrica nelas e agora temos mais uma grande conquista que veio graças ao empenho de todos os alunos e professores, inclusive o grande coordenador que nós temos.... obrigada ALFREDÃO! =]

PARABÉNS A TODOS NÓS ALUNOS E PROFESSORES DE ENGENHARIA ELÉTRICA DO IFPB PELO EXCELENTÍSSIMO RESULTADO NO ENADE - 2008, SENDO O 1º LUGAR NA CATEGORIA INGRESSANTE NO NORTE-NORDESTE!

Vamos continuar estudando para que consigamos fazer o mesmo na categoria CONCLUINTE no próximo ENADE e vamos comemorar!!!


VALEU as horas de sono perdidas.... valeu o desespero... valeu .... valeu... vou chorar..... TÔ FELIZ DEMAIS =]


PARABÉNS TAMBÉM: aos Cursos de Tecnologia em Análise e Desenvolvimento de Sistemas do IFPB - Cajazeiras, classificado pelo MEC com Conceito Máximo (nota 5, numa escala de 1 a 5), sendo considerado curso de Excelência, ao curso de Tecnologia em Redes de Computadores 4º melhor curso no Brasil, e aos cursos de Tecnologia em Construção de Edifícios, Tecnologia em Automação Industrial ambos do IFPB - João Pessoa, e ao IFPB que no GERAL ficou em 5º lugar entre os Institutos Federais e 2º lugar entre as Instituições de Ensino Superior na Paraíba, só ficando atrás da UFPB!

Eletrônica orgânica ganha impulso e parte para cima do silício

03 setembro 2009

Os plásticos condutores de eletricidade já estão incorporados nos mais modernos aparelhos eletrônicos, como o Walkman da Sony e o tocador de música Zune, da Microsoft - ambos possuem telas com OLEDs, LEDs orgânicos (à base de carbono) feitos com materiais poliméricos.

Mesclagem de polímeros

Ainda assim, esses materiais orgânicos condutores de eletricidade sofrem de uma deficiência que impede seu uso mais amplo: eles conseguem transmitir apenas cargas positivas, as chamadas lacunas, locais onde os elétrons podem se instalar. Em outras palavras, eles transmitem eletricidade apenas em um sentido.

"Os semicondutores orgânicos desenvolvidos ao longo dos últimos 20 anos têm um inconveniente importante. É difícil fazer os elétrons moverem-se através deles," explica o professor Samson Jenekhe, da Universidade de Washington, nos Estados Unidos.

Isso exige a mesclagem de polímeros doadores de elétrons com polímeros receptores de elétrons para que os circuitos eletrônicos orgânicos possam funcionar.

Semicondutor orgânico de duas vias
Isto era assim. Agora, o professor Jenekhe e sua equipe resolveram essa deficiência dos plásticos condutores sintetizando uma molécula orgânica que é capaz de transportar tanto elétrons quanto lacunas, dispensando a complicada mesclagem de compostos diferentes.

"O que nós demonstramos em nosso artigo é que você não precisa mais usar dois semicondutores orgânicos. Você pode usar um único material para criar os circuitos eletrônicos," diz o pesquisador.

Os pesquisadores utilizaram o novo material para construir um transístor projetado exatamente da mesma forma como são feitos os transistores tradicionais de silício e os testes mostraram que a corrente flui pelo dispositivo nos dois sentidos, com os elétrons e as lacunas movendo-se através dele com grande eficiência.

Melhor transístor orgânico já feito

O transístor representa o componente individual mais eficiente já construído com um semicondutor orgânico. Os elétrons movem-se ao longo do transístor com uma velocidade de cinco a oito vezes maior do que nos componentes orgânicos fabricados até agora.

Um circuito, que integra dois ou mais desses transistores, gerou um ganho de tensão de duas e cinco vezes maior do que já havia sido registrado em circuitos poliméricos.

A descoberta deverá impulsionar significativamente o uso da eletrônica orgânica em substituição aos semicondutores inorgânicos tradicionais, como o silício.



 
Engenharia Elétrica - Paraíba © Copyright | Template By Mundo Blogger |