Pesquisadores criam robô para atuar como professor

07 março 2010


Mais uma função está para ser atribuída aos robôs. Dessa vez, dentro de salas de aula. Pesquisadores do Instituto Coreano de Ciência e Tecnologia (KIST) e do Instituto Nipônico de Tecnologia (NIT) desenvolveram um robô para trabalhar como professor em escolas.

Chamado de e-Nuvo, o equipamento já passou pelos primeiros testes e deve chegar à 500 escolas até o fim deste ano. Os responsáveis pelo projeto acreditam que em 2013 cerca de 8 mil unidades do e-Nuvo já poderiam lecionar na Coréia do Sul. Esse resultado seria fruto de um apoio financeiro de US$44 milhões dos Estados Unidos.

Existem, no entanto, diferenças entre os equipamentos produzidos pelos dois institutos. O robô coreano é direcionado a um público mais jovem, já o japonês é desenvolvido para alunos mais velhos, como estudantes de segundo grau.









Olhar Digital

Comentários:

Postar um comentário

 
Engenharia Elétrica - Paraíba © Copyright | Template By Mundo Blogger |