Pesquisadores criam chip que usa laser para transmissão de dados

14 fevereiro 2011


Pesquisadores da Universidade da Califórnia (Estados Unidos) descobriram uma nova forma de melhorar o poder de processamento. Para isso, o invento utiliza nanolaser para transmissão de dados nos chips de silício.

O experimento promete abrir portas para uma nova geração de processadores mais velozes, uma vez que o uso de nanolasers permite a transmissão de dados à velocidade da luz.

Desde 2007 existem estudos baseados nesse princípio de usar lasers para transmissão de dados em processadores. Um dos principais entraves aos experimentos era o fato de que o silício poderia ser danificado durante o processo, por conta das elevadas temperaturas.

Em anúncio oficial à imprensa, o estudante Roger Chen disse ter descoberto uma forma de não perder o material, criando nanopillars, peças de galio-índio produzidas artesanalmente e postas em cima do silício. Isso possibilita a produção de lasers infravermelhos próximos à temperatura ambiente.

Essa não é a primeira vez em que a transmissão da luz tem sido explorada como uma forma de transmitir os dados. A Intel já pesquisa maneiras de usar a tecnologia como um possível substituto do USB 3.0.

Fonte: Olhar Digital

Comentários:

Postar um comentário

 
Engenharia Elétrica - Paraíba © Copyright | Template By Mundo Blogger |